Sobre Nós  

"O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida, (porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e testificamos dela, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai, e nos foi manifestada). O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco; e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. Estas coisas vos escrevemos, para que o vosso gozo se cumpra."

1 João 1:1-4


QUEM SOMOS

A Luz do Novo Dia é uma Associação Evangelística sem fins lucrativos que tem como objetivo levar a todo ser humano as boas novas do Evangelho de Cristo, tanto o da Graça (que O apresenta como Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo) como o do Reino (que apresenta a Jesus Cristo em Sua Segunda Vinda como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores).

Nosso trabalho consiste na divulgação da Palavra de Deus para este tempo final, com o fim de que todo aquele que crê e ama a Vinda do Senhor (2 Timóteo 4:8) seja despertado à realidade do tempo em que vivemos, e possa estar preparado para receber as bênçãos divinas para aqueles que estão preparados para elas (São Mateus 25:10).


O QUE CREMOS

Cremos que a Bíblia é a infalível Palavra de Deus trazida através de homens inspirados pelo Espírito Santo (2 Pedro 1:19-21), para registrar em letra o pensamento divino, a fim de encaminhar a humanidade pela senda correta e dar a conhecer o Programa de Deus para com o ser humano e Sua criação, e que toda a Palavra, desde o Gênesis ao Apocalipse, é fonte de revelação e luz, não podendo, portanto, sofrer qualquer alteração, seja para acrescentar ou tirar dela, a fim de satisfazer quem quer que seja (Eclesiastes 3:14 e Apocalipse 22:18).


Cremos que os profetas são os porta-vozes de Deus na Terra, através dos quais Deus guia ao povo em cada tempo, era ou dispensação, conforme nos ensina a Escritura em Deuteronômio 18:15-19 e Amós 3:7. Cremos que ninguém estuda para se formar um profeta, mas Deus, em Sua infinita graça, predestina os tais em cada tempo, e os envia com as duas consciências juntas (consciente e subconsciente), de modo que podem ver e ouvir o que os demais seres humanos não podem (Êxodo 20:18-20, Daniel 10:7, São João 12:28-30). Cremos que Deus reservou para este tempo final Seu último profeta, conforme Apocalipse 22:6-10 e 22:16, o qual será ungido com uma dupla porção do Espírito de Deus, como o foi Eliseu (1 Reis 2:9), vindo com os ministérios de Moisés e Elias, as Duas Oliveiras de Zacarias 4:11-14, São Mateus 17:1-3 e Apocalipse capítulos 10 e 11.


Cremos em Jesus Cristo como único e suficiente Salvador e único mediador entre Deus e os homens (1 Timóteo 2:5), reconhecendo que não há outro nome pelo qual possamos ser salvos (Atos 4:12), visto que nele está o Nome de Deus (Êxodo 23:20-23, São João 5:43, 17:6 e 26), o qual foi manifestado na Terra quando o Verbo se fez carne (São João 1:1-14), revelando assim que o Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo é: SENHOR JESUS CRISTO, conforme ensinado pelos apóstolos (Atos 2:36-38, 10:44-48 e 19:1-5). Dessa forma, cremos que o batismo em água, instituído por Jesus Cristo, quando disse para batizarmos "em NOME do Pai, do Filho e do Espírito Santo", se cumpre quando batizamos "em NOME do Senhor Jesus Cristo".


Cremos que Deus é UM só (Deuteronômio 6:4, 1 Timóteo 2:5, Gálatas 3:20, Efésios 4:6, Tiago 2:19, Romanos 3:30, 1 Coríntios 8:6, 1 Coríntios 8:4), porém, em 3 diferentes formas ou manifestações, sendo que a Alma, o Deus invisível, é o Pai (Senhor), o Espírito é o Verbo de Deus (o Espírito Santo, o Anjo do Pacto de Êxodo 3:1-14 e 23:20-23) e o Corpo Físico (já glorificado e sentado no Trono de Deus - São Mateus 26:63-64, Apocalipse 3:21) é o Corpo de Jesus Cristo. Sendo assim, o ser humano (que é alma vivente) foi criado à imagem (espírito) e semelhança (corpo físico) de Deus, sendo como Deus, um ser trino: alma, espírito e corpo. O mais importante é a alma (São Mateus 16:26-28), por isso entendemos que Jesus (o corpo de Deus) dizia que o Pai (a alma) era maior que Ele, e que Jesus (o corpo) não fazia nada de Si mesmo, mas o Pai (a alma que estava dentro dele), através do Espírito Santo (o espírito) era quem o fazia. Assim como o corpo do ser humano sem a alma e o espírito não pode atuar nesta Terra, e é o menor no ser humano, pois quando este morre, o espírito e a alma seguem vivendo. E também podemos dizer que nossa alma é maior que nosso corpo, e também maior que nosso espírito. Cremos que Jesus Cristo é o único Deus verdadeiro (São João 10:30, 14:6-11 e 1 João 5:20), sendo o mesmo ontem, hoje e para sempre (Hebreus 13:8) e não tendo princípio nem fim de vida (Hebreus 7:1-3, São João 1:1-3, 8:56-58 e Colossenses 1:17).


Cremos que haverá uma ressurreição para os crentes em Cristo, nascidos de novo, que estão no Paraíso (São João 6:39-40, 6:44, 6:54, 11:23-26 e 1 Tessalonicenses 4:13-17), assim como uma transformação para os crentes em Cristo, nascidos de novo, quando ocorra essa ressurreição (1 Coríntios 15:49-58, 1 Tessalonicenses 4:13-17 e Filipenses 3:20-21), e logo após isso, um Rapto ou Arrebatamento ao Céu, à Ceia das Bodas do Cordeiro (Apocalipse 19:9).

Cremos que nosso Senhor Jesus Cristo, ao subir vitorioso ao Céu, após sua ressurreição, recebeu um Nome novo, assim como encontramos em toda a Bíblia pessoas que obtiveram uma vitória, uma revelação, recebendo um nome nome. Podemos citar alguns desses casos de mudança de nome, como: Abram (Abrão) para Abraham (Abraão) [Gn 17:5], Sarai para Sarah [Gn 17:15], Jacó para Israel [Gn 32:28], José para Zafenat-Panea [Gn 41:45], Oséias (filho de Num) para Josué [Nm 13:16], Simão para Pedro [Mt 16:17-18], Saulo para Paulo [At 13:9]. Todos estes casos mostravam com antecipação a mudança de Nome do Messias após vencer a morte e o inferno e ressuscitar glorificado. Por isso o Nome de Deus revelado a Moisés em Êxodo 3:10-14, no original em hebraico, foi o tetragrama YHWH. Neste tetragrama estão os Nomes para a Primeira e para a Segunda Vinda do Senhor, sendo que a primeira parte YH já se cumpriu em Jesus (Yoshua), e falta a segunda parte WH por ser cumprida neste tempo final.

Pois o próprio Jesus disse: "Eu vim em Nome do meu Pai, e não me recebeis." (Jo 5:43) E por isso Jesus, orando, disse: "Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei." (Jo 12:28) E também, em João 17:6, diz: "Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra." E em João 17:26: "E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja."

Por isso em Apocalipse 3:12, o próprio Jesus, diz: "Ao que vencer, eu o farei coluna no templo do meu Deus, e dele nunca sairá; e escreverei sobre ele o nome do meu Deus, e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu, do meu Deus, e também o meu novo nome." O próprio Jesus diz ter um Nome novo, e diz que escreverá este Nome sobre o vencedor, conforme Apocalipse 2:17: "Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe."

E esse é o Nome novo do Senhor, que Ele traz em Sua Segunda Vinda, como Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, conforme Apocalipse 19:11-13: "E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é o Verbo de Deus." É a Vinda do Verbo com um Nome novo, o qual Ele escreverá sobre o vencedor - seu anjo mensageiro (Apocalipse 22:16), o último profeta que Deus terá na Terra neste tempo final (Apocalipse 22:6).